Intel lança unidades SSD Optane para acelerar equipamentos com discos rígidos tradicionais.

Na semana passada, a Intel anunciou oficialmente o seu primeiro produto baseado na tecnologia 3D Xpoint com o lançamento das placas profissionais Optane P4800X, um SSD de alto desempenho projetado para ser usado como RAM graças à sua latência muito baixa.
O primeiro SSD Optane acessível diferem em muitos aspectos dos divulgados alguns dias atrás. Na verdade, eles nem sequer foram concebidos como um meio de armazenamento tradicional. Em vez a Intel quer posicioná-los como dispositivos de aceleração, oferecendo 16 ou 32 GB de memória cache para computadores tradicionais com grandes discos rígidos para melhorar o desempenho na hora de carregar aplicações habituais e buscar arquivos.

Estes são os principais dados técnicos das placas:

latência de leitura típica: 6 µs
latência de gravação típica: 16 µs
leitura aleatória (4KB, QD4): 300k
gravação aleatória (4KB, QD4): 70k
leitura sequencial (QD4): 1.200 MB / s
Gravação seqüencial (QD4): 280 MB / s
Resistancia: 100 GB / dia

Estas placas M.2 poderam funcionar com uma ou duas unidades de armazenamento (sempre em sistemas com processadores Intel de sétima geração), tirando maximo proveito de uma memória que apresenta uma latencia pequena e uma taxa de operações por segundo extremamente constante.

Dependendo da capacidade escolhida seu preço será de 44 ou 77 dólares. Seu lançamento nos EUA está prevista para 24 de abril.
Mas adiante a Intel vai lançar produtos Optane de armazenamento para os consumidores comuns. O primeiro SSD convencional 3D XPoint ainda não tem preço ou data de lançamento, mas deve chegar antes do final do ano com um valor previsivelmente alto. Enquanto isso, vários integradores e fabricantes de placas-mãe já anunciaram que vão montar esses cartões M.2 em seus equipamentos.
Fonte: Intel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Fliperama Games © 2012 | Designed by zeh and Bubble shooter