Phil Spencer destaca a importância dos jogos first-party para o lançamento do Project Scorpio.

O empenho da Microsoft para vender o Project Scorpio, codinome dado ao novo console no qual ainda faltam conhecer muitos detalhes, ele vai muito além de fazer um hardware. Uma grande parte do esforço da empresa se concentra no desenvolvimento de jogos first-party.

Durante uma sessão de perguntas e respostas no Twitter, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, reconheceu que eles estão "muito focada em títulos first-party" [...] "Eu sei que é vital apostar em obras first-party. " Adicione também que ter estes jogos prontos para o lançamento do Project Scorpio é o básica. Spencer antecipa que quer deixar os jogos da empresa mais tempo na E3.

Parece que a Microsoft vai ter muito trabalho voltado para a E3 2017. Tem que apresentar Project Scorpio, monstrar aos jogadores que o seu novo sistema vale apena e também apresentar os jogos. Uma hora e meia de conferência pode ser pouco tempo, por isso é que Spencer não descarta fazer outros eventos.

Spencer também foi questionado sobre sua recente viagem ao Japão, duas semanas após a viagem apenas declarou sua satisfação com o interesse dos desenvolvedores no Project Scorpio e Xbox One. Agora ele falou um pouco mais, dizendo que vamos ver JRPG Xbox One, algo que ele próprio reconhece ter dito antes. Embora sãomuitos que anseiam por Blue Dragon ou Lost Odyssey.

Microsoft mantém um bom portfólio de jogos e algunas de saus maiores licenças como Forza (Turn 10), Halo (343 Industries), Gears of War (The Coalition) ou Minecraft (Mojang), estão ativas ou receberam um jogo recente. Além da novas licenças de Sea of Thieves (Rare),  State of Decay 2 (Undead Labs) ou Crackdown 3 (JReagent Games) não há detalhes sobre em que jogos poderiam estar trabalhando na empresa. Talvez seja a hora de resgatar Banjo-Kazooie.

Fonte: GamesIndustry.

 
Fliperama Games © 2012 | Designed by zeh and Bubble shooter